Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Cultivando sonhos...

Sexta-feira, 17.03.17

É por cultivar um sonho... 

 

Que desperto nas manhãs tecidas no orvalho de uma grama que se enraizou na aurora que buscava no horizonte das nossas vigílias pequeninas flores para enfeitar o leito onde adormecemos nossos sonhares.

É por cultivar um sonho, que encontro tardes perfumadas com as flores que pintaste pelas calçadas da vida, espalhando no meu caminhar o colorido de uma Primavera refugiada nas colinas, onde os querubins brincavam com asas de encantar borboletas.
É por cultivar um sonho, que me debruço na noite nascida na miríade de estrelas que salpicaste no meu olhar, para que meus pés se dourassem ao flutuar no retorno para o aconchego de minha alma.

E é só por causa de um sonho que ainda bordo manhãs,
tecendo nas tardes o rendilhar das noites
como no início de tudo aquilo
que meu olhar teceu nas lembranças,
quando ainda alcançava o horizonte
e divisava um rouxinol a cantar...

 

"Colhendo sonhos! - Pintura de Vicente Romero

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

de helena às 11:30


37 comentários

De SOL da Esteva a 17.03.2017 às 18:40

Deves cultivar esse teu sonho, regá-lo e dele tratar. Os jardins mantêm-se vivos com a perseverança no tratamento, a poda dos excedentes, a rega e a adubagem continuada. Doutro modo, ele fenece, fica sem cor e seca.
Assim a Vida.
Sê grata a ti mesma por não desistires. Eu fico contigo deste lado para te sentires acompanhada na tua aparente solidão.



Beijo
SOL

De chica a 17.03.2017 às 12:22

Que lindo,Helena e te ver voltando é muito bom. Desejo que nunca pares de bordar sonhos nas manhãs e sempre! Um beijo,tuuuuuuuuuuudo de bom por aí! chica

De helena a 17.03.2017 às 12:13

Meus queridos, amados e tão valiosos amigos:
Belinha, Vera, Giselda, Esmeralda, Sonia, Antonia, Marlene, Luísa, Glória, Gracinha, Maria, Rosária, Tetê, Cláudio, Alberto, José Carlos, Walter, Fernando, João Pedro, Lucas, Mateus, João Antonio, Hélio, Alfredo, Dedé, Tiago e Nezinho.

Abri meu blog para ler os comentários dos quais havia me alheado todo este período, e dentre tantas mensagens recebidas dos amigos, deparei-me com todos estes nomes subscrevendo uma mensagem tão bonita, tão solidária e tão única, a mim dirigida num momento tão difícil. Acreditem, foi como receber de Deus uma bênção muito especial.
Já os sabia pessoas excepcionais, únicas, imprescindíveis na minha vida, justamente por serem aqueles que comigo batalham no dia a dia da nossa clínica. Mas ver a todos no meu blog, este espaço a mim tão querido, visitando-me e deixando tão bela mensagem, confesso, meus queridos, encheu-me os olhos de abençoadas lágrimas e o coração de uma indescritível felicidade.
Também as visitas (ordenadas e constantes) que nos foram feitas no hospital, acentuaram dentro de mim a certeza de estar cercada por amigos e colegas, companheiros de jornada, aliados de vida, com quem posso contar em todos os momentos. Não apenas naqueles em que uma comemoração se faz necessária, como também, e muito mais, presença maciça, nos momentos mais difíceis em que a vida me tem colocado em prova.
Junto a esta imensa gratidão por mais esta etapa vencida juntos, ofereço a todos, com um carinho imenso do meu coração, esta mensagem que um grande amigo um dia me enviou:

“Algumas vezes na vida, encontramos pessoas especiais. Pessoas que mudam nossas vidas simplesmente por estar nela. Pessoas que nos fazem rir até sem motivo algum. Fazem a gente acreditar que realmente tem algo bom no mundo. Nos convencem que existe uma porta destrancada só esperando ser aberta. Isso é uma amizade para sempre. Por que quando estamos pra baixo e o mundo parece escuro e vazio, essas pessoas nos colocam pra cima e fazem com que o mundo fique mais ameno, dentro daquela ajuda nas horas difíceis, tristes e confusas. Para onde quer que caminhemos, estas pessoas especiais procuram acompanhar nossos passos não para nos seguir, mas para simplesmente estarem conosco se precisarmos.
Quando nos perdemos pelas estradas sinuosas da vida, elas podem até não nos colocar no rumo “certo”, mas não permitirão que nos afundemos no rumo “errado”.
Essas pessoas são simplesmente especiais por motivos que nossa inteligência e compreensão não alcança, mas elas confirmam a impressão de que, quem faz esta caminhada ao nosso lado, perpetua o amor sob todas as suas formas”.

E assim são todos vocês em minha vida: pessoas especiais!
Que cada um possa colher estrelas nessas abençoadas mãos que tanta generosidade sabem espalhar, e cultivar no olhar todos os sorrisos que tal gesto desperta no coração de quem a recebe.
AMO TODOS VOCÊS, MEUS QUERIDOS AMIGOS!

De Isabella a 17.03.2017 às 13:35

Ei mulher, quer inundar esta clínica de lágrimas? Se você tiver intenção de vir para cá agora, por favor, traz um barquinho, pois a turma toda aqui chorou com a sua mensagem. Aliás, inversão de papéis, hein? O certo é a gente comentar e você responder, rsrsrs.
Eu e as meninas você já conhece, a gente chora, mas faz bagunça, caçoa, ri, faz chacota. Mas se eu contar, você não vai acreditar quem ficou emocionado (não chorou porque você sabe que o machismo aqui impera, rsrsrs), foi o nosso filósofo platonista, isto mesmo, o Lucas, acredita? E o Mateus foi atrás, mas segurou bem a emoção. Agora quem se desmanchou em lágrimas mesmo foi o Nezinho, isto mesmo, mas este já sabemos que não se aguenta com emoção nenhuma, e o nosso "manteiga derretida" já começou a verter lágrimas a partir do segundo parágrafo. Eu, como sempre, com esta voz maravilhosa, aveludada, sensual, que Deus me deu, hihihi, fui a escolhida para ler a mensagem. E olha a travessura que fiz: foi através do nosso microfone, já pensou? Aproveitei que você não estava aqui, hihihi, para realizar esta façanha, pois bem sabemos que você considera o microfone um instrumento de trabalho, só devendo ser utilizado para chamadas "importantes". Mas como estamos sempre fazendo uso do ditado: quando o gato sai os ratos tomam conta"... Bem, lá fui eu com esta voz maviosa ler a sua mensagem. Resultado: todos aqueles que não estavam dando consulta se achegaram na recepção. E aí, foi a choradeira de que lhe falei.
Mas, chefinha, não se exalte nem nos dê bronca, pois logo em seguida nos chegou as flores e os bombons que você nos mandou e aquele lindo cartão de agradecimento... Só você mesmo, chefinha, para nos presentear com coisas tão bonitas e... tão gostosas! As flores já estão por aqui, espalhadas, enfeitando tudo, mas os bombons... Gente, cadê os bombons que estavam aqui??? Claro, devidamente distribuídos e comidos, rsrsrs. Quando eles chegaram até pensamos que eram do Dr. Augusto, pois é sempre ele quem nos faz esta gentileza, mas quando vimos que era tudo obra sua, e eu li o motivo naquele lindo cartão, olha chefinha, quase que abri o berreiro novamente, rsrsrs.
Agora, falando sério, NÓS TODOS É QUE SEMPRE TEREMOS MOTIVOS PARA AGRADECER A VOCÊ, por ser essa pessoa de coração tão grande, mas tão grande, que nos acolhe a todos dentro dele, e ainda sobra espaço para quem mais chegar...
NÓS TAMBÉM AMAMOS MUITO VOCÊ E SENTIMOS UM ORGULHO IMENSO EM TRABALHAR COM ALGUÉM QUE SABE VALORIZAR QUALQUER PROFISSÃO, QUE SABE RECEBER COM HUMILDADE E DOAR COM TANTA GENEROSIDADE, que ao fazê-lo, nos enche o coração de "abençoadas" lágrimas.
VOLTA LOGO, CHEFINHA, VOLTA LOGO!
Ass.: TODOS NÓS!

De Augusto a 17.03.2017 às 20:02

Já estou aqui, entrando nesta festa de comemorações.
É muito bom ver que o blog já voltou a ter sua atenção, minha menina, é muito bom, pois eu bem sei do apreço que você tem por este refugio, como você mesma o chama, e também pelos amigos que lhe cercam.
A turminha da sua clínica é mesmo diferenciada. Se já não os conhecesse, iria imediatamente fazer isto, pela espontaneidade e consideração com que tratam a "chefinha", rss.
A Isabella, a nossa Belinha (licença para também chamá-la assim...) é um amor de pessoa, sempre tão atenciosa, tão alegre e tão efusiva, que aquela recepção se ilumina sempre que ela abre aquele sorriso tão bonito. E a voz? Você tem sim, Belinha, uma belíssima voz... Um pouquinho menos bonita do que a da minha Leninha, desculpa a sinceridade, rs.
O Nezinho, o respeitável Dr. Anísio, outra pessoa que muito me chamou a atenção. Carrancudo como ele só, difícil arrancar um sorriso daquele rosto respeitoso. No entanto, pra se emocionar e chorar (sem esta de que homem não chora), é com ele mesmo. Uma "manteiga derretida" como o denominam.
Fico apenas na avaliação destas duas pessoas, pois se for falar o que apreendi de cada um dos seus colegas e amigos, tomaria conta do seu espaço, rsrsrs.
E olha que eu e o Fariseu já abusamos demais na sua última postagem, pois parecia até que éramos os "donos do pedaço", rs.
Por falar nele, estou apreensivo com o seu sumiço. Mas falamos disto mais tarde.
Sobre a postagem, apenas uma coisa para dizer, minha Leninha: um dia nós vamos os dois, olhar para o horizonte e ouvirmos juntos um rouxinol a cantar...
É este o sonho que acalento!
Sempre teu,
Guto

De Malik a 17.03.2017 às 11:36

E que não pares nunca de os cultivar!

Comentar post


Pág. 4/4