Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Blog encerrado *

Quarta-feira, 12.07.17

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

de helena às 13:58


81 comentários

De paula barros a 16.07.2017 às 04:32

Triste. Momento delicado. Estava ausente dos blogs. Quando vi atualizado, esperei ter algo escrito, bonito, como sempre.
Abraço, força para amigos e familiares.

De Vera Lúcia a 16.07.2017 às 12:47

Paula, grata pela visita, um abraço de afeto.

De Antonio Pereira a 15.07.2017 às 15:27

Sem palavras... Evitei vir aqui temendo tal notícia... Mas a vida segue, não finda, infinda no seu eu que alça o infinito. Desperte em paz a nossa amiga. Luz e muita paz.

De Vera Lúcia a 15.07.2017 às 16:10

Antonio, este tipo de notícia é realmente muito triste de aceitar. Quem teve a alegria de desfrutar da sua amizade e consideração vai sentir falta da sua presença na blogosfera, pois ela sentia um prazer enorme em visitar os amigos blogueiros, como ela chamava vocês. Ela está na paz e na luz, certamente.
Um abraço afetuoso.

De Evanir S garcia a 15.07.2017 às 03:35

Minha Querida.
Eu não tenho palavras para dizer o quanto
foi doido ñ te encontrar.
Meu consolo é saber que estas em sua
verdadeira morada.
Deus abençoe todos amigos que vieram
te deixar um carinho.
Descace na paz de Jesus.
Sua eterna amiga.
Evanir.

De Vera Lúcia a 15.07.2017 às 16:06

Evanir, até para mim foi doído entrar neste cantinho onde a Leninha sempre me deu a liberdade de estar, para prestar uma homenagem com um tema tão triste. Ela certamente está agora numa morada de paz, junto dos seus amados que já haviam partido.
Grata pela visita carinhosa e receba o meu abraço de afeto.

De batidasfotograficas a 15.07.2017 às 00:09

Gostaria de anular esta data que me sufoca, pois sinto muito o meu coração chorar por querer os abraços ou até as risadas de alegria que transmitia com tanta satisfação.
Tanto carinho, seria de invadir o meu coração que isto fosse apenas um pesadelo. Mais as cores que são alegres também contam as cores fortes, cores tristes, assim é a vida marcando contrato com o tempo.
Teu eterno amigo...

De Vera Lúcia a 15.07.2017 às 01:05

Eu também gostaria de anular esta data que trouxe tanta tristeza ao coração de quem amava a nossa Leninha. Nunca mais ouvir o seu riso doce, nunca mais ouvir a sua voz que parecia um canto suave, nunca mais sentar-me ao seu lado e contar coisas que só ela podia ouvir, só ela entendia, nunca mais...
É isto aí, você que deve ser um fotógrafo e tantas coisas belas deve fotografar, muito grata pelas palavras tão bonitas e sinceras.
Um abraço afetuoso.

De batidasfotograficas a 15.07.2017 às 23:43

Obrigada Vera! Publiquei as tuas palavras como homenagem à nossa querida Helena.
https://batidasfotograficas.blogspot.pt/
Abraços

De Vera Lúcia a 16.07.2017 às 01:16

Manuel Luis, estou aqui a chorar de tanta emoção que senti ao ver a linda homenagem que você fez para a nossa querida Leninha através da mensagem que eu postei no seu blog.
A Leninha era assim, intensa, verdadeira, afetuosa, quando gostava de alguém ela demonstrava isto dentro de uma sinceridade que cativava a gente. Por isso eu acredito que a amizade que uniu vocês dois tenha sido muito bonita, o que fez com que você lhe prestasse essa homenagem. Com toda a certeza ela sentirá de alguma forma o seu carinho por ela e ficará feliz. Ela tinha uma facilidade enorme de sorrir, de se emocionar, de se entusiasmar com tudo. Apenas nos últimos tempos ela se recolheu um pouco, ficou mais introspectiva, e acredito que o fato de saber da gravidade de sua doença e do risco que corria com a segunda cirurgia, tenha feito com que ela ficasse mais reclusa. Este fardo ela não quis dividir com ninguém, apenas os dois médicos amigos seus sabiam os riscos que ela corria.
Enfim, Manuel Luis, o rastro de luz que ela deixou vai permanecer no nosso coração, e acredito que ela só pode estar num lugar muito bonito junto dos seus amados que partiram antes.
A nós, seus amigos que tanto a amamos, só resta mesmo esta saudade que hoje ainda é muito doída, mas que com o tempo irá suavizar e deixar dentro de nós somente os sorrisos e as estrelas que ela tão generosamente distribuiu enquanto esteve ao nosso lado.
Você nem pode imaginar o tamanho da gratidão que vou levar comigo com este gesto tão bonito de sua parte.
Que Deus ilumine a sua vida e que você possa ser sempre muito feliz.
Um abraço afetuoso da
Vera Lúcia

De O Arabe a 14.07.2017 às 19:06

Sem comentários. Apenas a tristeza do adeus, que é suplantada pela alegria de haver desfrutado da sua companhia, ainda que virtual.

De Vera Lúcia a 14.07.2017 às 21:01

Arabe, grata pela visita e ternas palavras.
Um abraço.

De SOL da Esteva a 14.07.2017 às 17:09

As palavras podem adoçar o amargo da perda, mas, até elas, se negam sair.
O Espírito mantém a proximidade e a comunhão prolonga os afectos.
Seguramente, o Céu é o lugar dos justos.
Que a Paz de Deus esteja com a (minha) Amiga extremosa.


SOL

De Vera Lúcia a 14.07.2017 às 18:28

Sol da Esteva, são de profundo significado as suas palavras e me tocaram a alma.
Grata pela presença.
Um abraço.

De Jaime Portela a 14.07.2017 às 09:13

Não acredito.
Fiquei em choque.
Em qualquer caso, a Leninha jamais partirá enquanto permanecer na nossa lembrança.
Até sempre, Leninha.

De Vera Lúcia a 14.07.2017 às 11:40

Obrigada Jaime pelas palavras afetuosas. A Leninha estará sempre na nossa lembrança.
Um abraço.

De Toninho a 14.07.2017 às 05:37

Oh, que triste meu Deus.
Ela foi despedir no blog.
Deus te receba amiga que tinha uma linda missão aqui.
Muito triste com esta perda na nossa grande familia.
Um beijo Leninha para sempre na memoria.

De Vera Lúcia a 14.07.2017 às 11:44

Toninho, sei que a Leninha gostava muito dessa família blogueira, como ela chamava também. Em muitos blogs ela fez um último comentário que muitos somente depois pressentiram que era uma despedida. É como você disse, ela ficará para sempre na memória daqueles que dela tanto gostavam.
Um abraço e grata pela presença.

De Aninha a 14.07.2017 às 01:06

Vera Lúcia, peço permissão para entrar neste blog e deixar uma despedida, mas antes quero dizer que você fez um bonito trabalho, digno de uma pessoa que sempre teve um bom gosto incrível. Não deve ter sido fácil para você, amiga e companheira como sempre foi da Leninha, ter que dar uma notícia como esta.
Leninha, não tenho muito para dizer, apenas lamentar que você tenha partido sem que tivéssemos tido a oportunidade de trocar mais um abraço e eu pudesse mais uma vez agradecer por tudo que você fez por mim ao longo do nosso conhecimento.
Se é verdade que a pessoa que morre pode ver o que se passa nos corações das pessoas que ficaram, eu vou torcer para que você possa ver no meu um arrependimento muito grande pela forma egoísta com que me afastei de todos. Sinto-me envergonhada com muitas das atitudes que tomei na vida, mas sei que de todos aqueles que ofendi você seria a única que me abriria os braços novamente, me acolheria no seu perdão, e ainda me ajudaria a transitar pelos caminhos que me levariam aos outros familiares. Mas agora, sem você aqui, nem sinto vontade de voltar.
Me perdoa irmãzinha querida, de onde você estiver, e eu sei que é num lugar muito bonito junto de todos aqueles que já estão há mais tempo habitando o lugar em que você está agora. Tenho olhado o céu e parece até que estou vendo você realizar aquele sonho que teve na passagem de ano, quando numa carruagem guiada por anjos você passeou com o Guy entre as estrelas. Este sonho teve tanto significado e influência na sua vida, que hoje me parece até que foi premonitório.
Sei que você está aí pertinho daqueles que tanto amou, ouvindo o Guy falar baixinho ao seu ouvido as doces palavras com que ele sempre lhe chamou: meu anjinho, minha princesa, meu amorzinho, e tantas outras.
Vai minha irmãzinha linda, voltar a ser feliz, continuar a viver o seu lindo sonho de amor.
Fica aqui registrada a minha saudade, meu arrependimento, e todo o meu imenso amor.

De Maria a 13.07.2017 às 21:13

Vera, fiquei chocada quando vi a tão triste notícia, sempre acreditei que a nossa Leninha iria conseguir ultrapassar mais esta provação, mas infelizmente o comboio da vida já estava a chegar ao seu destino final.
Fica no nosso coração, a lembrança de alguém tão especial, que a todos distribuía sorrisos e flores através da magia das suas palavras.
Tenho a certeza, que Deus Pai a acolheu nos Seus Braços, com o Seu Infinito Amor, para finalmente lhe dar a paz que ela tanto merecia.
Quando olhar para o Céu, sei que uma das brilhantes estrelinhas que lá se encontram, é a nossa querida Amiga.
Deixo os meus sinceros sentimentos para toda a família e para si minha amiga, desejo-vos do coração, muita força e coragem para ultrapassar estes momentos tão dolorosos.
Beijinhos
Maria de
Divagar Sobre Tudo um Pouco (https:// https://algarve-saibamais.blogspot.pt//)

De Vera Lúcia a 13.07.2017 às 22:43

Maria, a nossa Leninha tinha sim a magia da palavra que era sempre carregada de carinho. Sempre foi assim, uma alma doce que transpirava afeto e sinceridade. Vai nos fazer uma falta enorme, a mim principalmente que convivíamos há tantos anos, mas me consola saber que ela está num lugar muito bonito junto daqueles que ela tanto amou nesta vida.
Muito grata por suas amáveis palavras.
Um abraço.

Comentar post







Pesquisar no Blog  

calendário

Julho 2017

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031

arquivos

2017