Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Meu anjo protetor...

Quinta-feira, 10.11.16

Adormeci atada no soluço que me cingiu

em asas de veludo e me levou 

pela mansidão do sono

dissipando dores e saudades...

 

E tu vieste qual anjo protetor

a derramar ternura nos meus olhos

margaridas sobre os meus cabelos

estrelas nas minhas mãos 

que ficaram a refletir no teto

as lembranças de um tempo

em que me acordavas

com palavras cultivadas em pérolas

que me seguiam pelo dia afora...

Despertei e estendi os braços que voltaram vazios de ti... No ar, um perfume de rosas!

Já na rua notei que no meu olhar se debruçara um minúsculo raio de sol que fazia reflexo nos pedregulhos que delicadamente se afastavam para que meus pés pudessem livres caminhar...

 

"Daphne" - Pintura de Frederic Leighton

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

de helena às 00:08


14 comentários

De mãe maria a 10.11.2016 às 17:22

lindo. Amei embora esteja envolto em panos de saudades. bjo doce. Você deve ser uma doçura, pelo que li nos seus desabafos no blogs da Céu. Que Deus a Abençoe.

De CÉU a 10.11.2016 às 14:14

Hum, que texto esse! Tem cheiro e sabor e já tem cor, Leninha. Fico feliz por ti, por todos vocês.

Fico sempre mto agradada com teus textos, tão líricos, mas mto reais, transmitindo-nos doçura, positivo estado de espírito, alg. segurança já e mta ternura.

Adormeceste, menos bem, mas passaste por etapas, durante a noite, que nem tu sabes, pke estavas dormindo, mas elas foram de renovação, e acordaste, estendendo os braços, que pensas k nada trouxeram, mas trouxeram, e o sol ou uns raios dele te acompanharam para iluminar teu dia, te dando passagem, como se rainha foras. E és, és rainha de ti mesmo e de todos os k te amam e são mtos.

Excelente pintura e totalmente de acordo com tuas palavras. Você é um caso "sério" em matéria de sentires.

Beijos para ti e para toda a família.

PS: não há novidades em meu blog. Tenho k poupar minhas mãos, pke pretendo escrever por mais uns aninhos. Que Deus permita!

De Augusto a 10.11.2016 às 10:26

Cara Helena, mais uma pérola desse seu versejar de lirismo e delicada poesia. É assim que o tempo processa o sofrimento que a vida vai espalhando pelos caminhos, colocando aos poucos os raios de sol no olhar para que afastem as pedras que estão a impedir um livre caminhar. Em breve, minha cara, o sol há de brilhar em todo o seu esplendor para iluminar toda a vida que você ainda tem para viver ao longo de muitos e muitos anos ao lado daqueles que tanto bem lhe querem.
Tem um comentário do Dr. Sérgio, postado ontem, que irá encher de orgulho esse seu imenso coração.
Um fraternal abraço e o desejo de um dia bem bonito apesar dessa chuva que está caindo a cântaros.

De chica a 10.11.2016 às 07:42

Um lindo sonho que te levou ao teu anjo protetor. Lindo de ler! um beijo, lindo dia e tudo de bom! chica

Comentar post


Pág. 2/2