Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



O canto da vida

Segunda-feira, 17.04.17

O vento afastou as cortinas e espalhou pelo quarto

pequeninas flores 

e um delicado aroma de lavanda...

E no peitoril da janela pousou um rouxinol

de tão suaves cores

que me enfeitiçou de amores

na doçura do seu canto...

E assim perfumada

envolta nos raios de sol que dançavam imagens

nas dobras do lençol

cabelos enfeitados nas estrelas

espalhadas na janela no despedir da aurora

pés calçados nas sandálias de sonhos perolados

dedos anelados no canto do rouxinol

 fui para o jardim voltear com as borboletas

que polinizando as flores

desabrochavam de amores

no olhar alongado de ternura de um enamorado girassol...

Volto para casa e coloco no altar da memória o pedacinho de esperança florescido em mim no voejar dos pássaros, nas asas das borboletas e no cantar da brisa que tecia delicados ramalhetes perfumados de jasmim.

E só então reparo que nas minhas vestes se prendera

uma clave de sol

do gorjeio do rouxinol

o murmúrio da brisa entre as flores

e os minúsculos suspiros que docemente brotavam do jardim...

E assim munida com os sons da natureza

vestida de esperança

perfumada de lavanda

saio pelas horas do meu dia

a compor numa doce sinfonia

o cantar da vida dentro de mim...

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

de helena às 14:15


26 comentários

De Evanir S garcia a 25.04.2017 às 03:38

Hoje um novo recomeço..
Graças a Deus hoje estou podendo
te agradecer pelo carinho respeito e amizade.
Agradeço por jamais ter deixado de fazer visita
a meu blog.
A amizade verdadeira nunca esquece ,
mesmo sem saber o motivo do meu afastamento.
Eu entendo q por vezes demora a aparecer.
Eu entendo q assim como eu todos tem problemas na vida.
Todos nessa vida encontra obstáculos.
Mas nem tudo é sofrimento .
Deus é misericórdiso..
Nos da alegria ao ver o nascer do Sol.
Nos da um espetáculo único quando ele desce
com sua magia no horizonte..
Enfim tudo isso é só para
dizer jamais te esqueci.
Obrigada querida ..muito obrigada..
Te abraço carinhosamente.
Deus cuida de você com as mãos dele
estendida tudo é possível.
Simplesmente Eu,
Evanir .
Uma semana abençoada.

De O Arabe a 24.04.2017 às 16:24

Belo e delicado, Helena... perfeito reflexo de como vês e vives a vida, amiga! Meu abraço, boa semana.

De mãe maria a 24.04.2017 às 15:13

É sempre bom visitar esta tua casa feita de palavras nascidas no coração. E bom saber que munida com os sons da natureza sais vestida de esperança, sais perfumada de lavanda e que sais pelas horas do teu dia compondo uma doce sinfonia.. Há melhor cação que isto? bjo amiga.

De a 24.04.2017 às 01:29

Sou eu novamente amiga. No comentário abaixo esqueci de lhe deixar um buquês de rosa para perfumar seus dias rsrs. Mirtes.

De a 24.04.2017 às 01:27

Boa noite doce Leninha.
Um texto poético lindo. O cantar da esperança. Como fico feliz em lhe sentir mas leve. Você merece querida amiga o melhor. És uma luz a iluminar a vida de quem tem o prazer de lhe conhecer. Seja virtual ou não é um enorme prazer interagir com uma pessoa tão meiga,doce,amiga. Uma linda semana. Forte abraço.

De Fernanda Maria a 23.04.2017 às 20:28

Querida e doce amiga, que bom sentir nas suas palavras o perfume da esperança.
Chega uma hora em que a natureza nos lembra que fazemos parte dela e não podemos fechar a janela à vida.
Lenhinha,deixo-lhe um beijinho com um sorriso :)

Fernanda

De LuísM Castanheira a 22.04.2017 às 17:06

jardins plantados ao olhar
e na alma guardar...

uma flor, um aroma,
um rouxinol,
ou o canto do vento
no rosto
a manhã cheia de sol
e a alegria de estar viva
a cada batida
dum coração enorme
como eu gosto de a 'ver' assim
solta e viva e sem ter fome
de tristes dias
sem alegrias.

um beijo, amiga.

De Suzete Brainer a 22.04.2017 às 14:51

Querida Leninha,

Um canto belíssimo em que a poesia se inscreve de forma sublime (sempre assim contigo...),
evocativa de encantamento,leveza e ternura a espelhar este teu sentir poético expansivo
numa beleza envolvente e pura arte, arte poética, querida amiga!

Aprecio sempre voar aqui...

Um final de semana leve neste (en)canto poético para ti, com esta tua alma linda.
Toda a felicidade para ti!

Beijinhos.

De Jaime Portela a 22.04.2017 às 13:29

E como a Helena canta a vida que há dentro de si...
Um poema excelente, gostei muito. Parabéns pelo talento.
Bom fim de semana, amiga Helena.
Beijo.

De SOL da Esteva a 21.04.2017 às 19:25

O Rouxinol teceu o seu gorjeio
E deu-lhe Alma e o Bem que traz.
Tu o guardaste dentro do teu seio
Para o tomares se perderes a Paz.

Sê feliz, Amiga.


Beijo
SOL

Comentar post


Pág. 1/3